SAIBA QUEM SÃO OS BOLSISTAS JORNALISTA DE VISÃO 2022

Conheça os jornalistas aprovados neste ano para bolsas de mestrado e pós-graduação no exterior!

SAIBA QUEM SÃO OS BOLSISTAS JORNALISTA DE VISÃO 2022

O Programa Jornalista de Visão concede bolsas de estudos para mestrado e pós-graduação em universidades americanas e europeias para jornalistas, indicados ao processo de seleção por consagrados profissionais e veículos da imprensa brasileira. O programa concedeu, desde 2011, 94 bolsas de estudos, sendo seis em 2022.

André Spigariol Rinaldi

28 anos, nascido em São Paulo, SP

Jornalista formado pela USP, é repórter do The New York Times em Brasília desde março de 2022. Antes, foi correspondente do The Brazilian Report, repórter da Crusoé e repórter da CNN. Na capital federal desde 2019, cobre política nacional, justiça e diplomacia. Publicou reportagens investigativas desvendando casos de corrupção, tráfico de influência e crimes contra os direitos humanos. André recebeu bolsa para mestrado de livre escolha.

 

João Paulo Saconi Michael

26 anos, nascido em Itu, SP

Jornalista graduado e mestrando pela UFRJ, é repórter do Jornal O Globo desde 2018 com foco em questões políticas, jurídicas e econômicas. Há um ano, escreve para a coluna do jornalista Lauro Jardim. Recebeu o Prêmio Relatoría para la Libertad de Expresión (RELE) em 2019, junto a outros seis colegas de redação. Na área acadêmica, pesquisa violações contra jornalistas no Brasil e, agora, ampliará os estudos com abrangência global com a bolsa de mestrado de livre escolha recebida.

 

Marcella Moreira Ramos

26 anos, nascida em Angra dos Reis, RJ

Jornalista formada pela Universidade Federal Fluminense, é coordenadora de checagem e repórter da revista piauí desde 2019, onde também colaborou com o projeto Comprova durante as eleições presidenciais de 2018. Antes, passou pelas redações dos jornais O Globo, Extra e Revista Época, no Rio de Janeiro, atuando em editorias variadas. Se interessa principalmente por política e tecnologia. Marcella foi selecionada para cursar o CGEG-BRIClab Visiting Scholar Program, na Columbia University.

Maria Vitória Launberg Ramos

25 anos, nascida em São Paulo, SP

É cofundadora e diretora da Fiquem Sabendo, agência de dados independente especializada no acesso a informações públicas. Recebeu o Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados e duas vezes o Prêmio Jornalismo-Mosca do Livre.Jor. Em 2021 e 2022 foi finalista do SIGMA Awards, principal premiação de jornalismo de dados do mundo. É autora do livro-reportagem "Indigentes: o Estado que enterra sem avisar". Recebeu bolsa para o programa CGEG-BRICLab Visiting Scholar Program, na Columbia University.

 

Natália Belizario Silva

26 anos, nascida em Santo André, SP

Formada em Jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP, foi intercambista na Universidade de Amsterdã. Natália trabalha com jornalismo em áudio desde 2019. Seu primeiro projeto foi o podcast Prato Cheio, idealizado para portal O Joio e o Trigo. Em março de 2020, Natália se juntou à editoria de Podcasts da Folha de S.Paulo, onde foi produtora e editora de som de diversos projetos. Atualmente, é produtora na Rádio Novelo. Natália recebeu bolsa para mestrado de livre escolha.

 

Rodrigo Menegat Schuinski

28 anos, nascido em Ponta Grossa, PR

Formado em jornalismo pela UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa), com especialização em jornalismo de dados pela Universidade de Columbia. Gosta de atuar em projetos que unem jornalismo, computação e design. Hoje, trabalha na equipe de dados da Deutsche Welle e no desenvolvimento de narrativas digitais como freelancer. Antes, passou pela Folha e pelo Estadão, onde foi repórter e também trabalhou na editoria de Arte. Rodrigo foi aprovado para bolsa de mestrado na IE, em Madri.