PROGRAMA VOAR: CONHEÇA OS BOLSISTAS 2021 Foto: Unsplash

PROGRAMA VOAR: CONHEÇA OS BOLSISTAS 2021

O Programa Voar é uma parceria entre Instituto Ling com o Primeira Chance, entidade sem fins lucrativos que investe em alunos em situação de vulnerabilidade social e excepcional desempenho no Ensino Fundamental ou Médio. Através do Voar, esses jovens recebem ajuda de custo para prosseguirem os estudos no Ensino Superior.

 

 

 

- Adam Luis de Lara Ramalho

Poá, São Paulo – 18 anos

Durante o ensino médio, participou de olimpíadas científicas, conquistando medalhas em matemática e ciências. Selecionado em 2017 pela Primeira Chance, recebeu bolsa para o Colégio Objetivo Integrado de São Paulo. Em 2021, foi aprovado para o curso de Ciências Biológicas na USP. Depois da faculdade pretende trabalhar em pesquisa com foco para prevenção genética de doenças como Alzheimer e câncer. Nas horas livres, ama esportes e ouvir música.

 

- Alex Mota Cavalcante

Tauá, Ceará – 19 anos

Natural de Tauá, no sertão cearense, sempre gostou de matemática e biologia. Durante o ensino médio, participou e foi premiado em olimpíadas como OBMEP, OBA, OBG, CANGURU, entre outras. Foi selecionado pela Primeira Chance em 2018, mudando-se de sua cidade para Fortaleza para terminar o ensino médio. Atualmente, cursa Medicina na Universidade Cidade de São Paulo. Durante a graduação, pretende aproveitar ao máximo o curso, realizando estágios, intercâmbio e publicando artigos. Após formado, quer retribuir a ajuda que recebeu, participando de projetos que levem saúde para os mais pobres, como o +Médicos e o Médicos sem Fronteiras.

 

- Antônio Marcos Gabriel Dias Freire Fernandes

Ipueiras, Ceará – 17 anos

No ensino médio, interessava-se muito pela matemática, o que levou à conquista de medalhas em olimpíadas científicas. Em 2017, recebeu uma bolsa de estudos do Colégio Farias Brito, através da Primeira Chance. Em 2021, foi aprovado em Engenharia de Computação na UFC. Depois da graduação, pretende ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas ao seu redor e apoiar projetos que precisem de um engenheiro. Nas horas livres, gosta de ouvir música, jogar videogame e ler.

 

 

 

- Arthur Santos Pansini

Conceição da Barra, Espírito Santo – 18 anos

Foi selecionado em 2017 pela Primeira Chance e recebeu bolsa de estudos para cursar todo o ensino médio em uma das melhores escolas do Estado, o Centro Educacional Charles Darwin. Em 2021, foi aprovado no curso de Engenharia Mecatrônica no Instituto de Ensino e Pesquisa Insper, em São Paulo. Após a graduação, pretende trabalhar em empresas do ramo da tecnologia e posteriormente empreender. Como lazer, gosta de cozinhar, ler e pedalar.

 

- Briza Aiki Matsumura

São José dos Campos, São Paulo – 17 anos

Ex-aluna de escola pública e atual universitária da USP por Sistema da Informação, conquistou mais de 40 premiações em olimpíadas científicas. Apaixonada por empreendedorismo, aos 14 anos participou do Pró Líder, o maior programa de liderança do Brasil, sendo a pessoa mais jovem a ser aprovada até hoje. Atualmente, é ativista pelo protagonismo juvenil e está iniciando um empreendimento na área, a Aplikou. Após a faculdade, pretende se especializar no cérebro humano a fim de desenvolver soluções tecnológicas para o aumento do acesso e da efetividade da educação.

 

- Erika Brenna Gomes Cavalcante

Carnaubal, Ceará – 22 anos

Durante o ensino médio, conquistou medalhas em olimpíadas de matemática e, com isso, foi aprovada na Primeira Chance e recebeu bolsa para estudar no colégio Ari de Sá, de 2015 a 2019. Atualmente, cursa Medicina na UniFG, e pretende fazer residência na área de Psiquiatria ou Cirurgia Geral. Além disso, participa das ligas acadêmicas de Nefrologia e Geriatria.

 

 

 

- Gisele da Silva Bessa

Itaitinga, Ceará – 18 anos

Em 2015, ganhou medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP), o que o levou, em 2017, a receber bolsa da Primeira Chance para estudar no Colégio Farias Brito. Em 2021, ingressou no curso de Engenharia Civil na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para o futuro, planeja trabalhar na área, sempre buscando levar o melhor para a sociedade, e pretende promover oportunidades para que outras pessoas possam melhorar de vida. No seu tempo livre, gosta de ouvir música e ficar com sua família.

 

- Luís Felipe Silva Costa

Madalena, Ceará – 18 anos

Sempre gostou de matemática, chegando a receber medalhas em olímpiadas da área, tais como OBMEP e OBA. Foi selecionado em 2018 pela Primeira Chance e recebeu bolsa para o Colégio Farias Brito Pré-Vestibular Central, localizado em Fortaleza. Atualmente, está cursando Engenharia Elétrica na Universidade Federal do Ceará (UFC). Após a faculdade, pretende trabalhar em indústrias, visando a viabilidade da utilização de carros elétricos no Brasil. Nas horas livres, gosta de ouvir música, assistir séries e animes, praticar esportes e jogar videogame.

 

- Marcus Vinícius Monteiro da Silva

Madalena, Ceará – 18 anos

Foi selecionado pela Primeira Chance em 2018, quando cursou o ensino médio no Colégio Ari de Sá. Sempre gostou das áreas de humanas e de matemática, mas preferiu seguir um curso das áreas de exatas e, assim, escolheu Ciências da Computação, tendo sido aprovado na UFC. Como hobbies, gosta de escutar música e assistir séries.

 

 

 

- Thiago Soares Borges da Silva

Teresina, Piauí – 20 anos

Atualmente cursando Engenharia de Produção na UFPI. Apaixonado por ciências exatas, mais precisamente Física, Matemática e Química, ganhou diversas medalhas em olimpíadas nessas áreas e chegou a ser convidado para uma seletiva da Olimpíada Internacional de Física. Foi selecionado em 2017 pela Primeira Chance e recebeu bolsa para o colégio CEV Grupo Educacional. Depois de se formar, pretende continuar se especializando e investindo em formações como MBA e DBA, além de trabalhar em empresas das mais diversas áreas.

 

- Vanessa Rodrigues Prado

Serra, Espírito Santo – 18 anos

Em 2017, foi contemplada com uma bolsa da Primeira Chance para estudar no Colégio Crescer PHD. Desde o início do ensino médio, percebeu que amava biologia e química e, por isso, decidiu cursar Farmácia. Em 2021, foi aprovada para esse curso na UFMG e, atualmente, está dividida entre seguir na área de alimentos ou de cosmética. No seu tempo livre, gosta de assistir tutoriais no YouTube, aprender atividades DIY (faça você mesmo), testar receitas novas e tocar violão.