ACERVO

Shirley Paes Leme | Acender estrelas com lenha molhada | 2014

Shirley Paes Leme | Acender estrelas com lenha molhada | 2014

Esta obra é uma frase moldada em bronze, fixada na parede. É uma obra que poucos visitantes prestam atenção porque ela se esconde acima da porta do elevador (no andar -1, pertinho do Salão). As letras têm aproximadamente 5cm, são emendadas, todas minúsculas e formam a frase que dá título à obra: acender estrelas com lenha molhada.

A artista nos convida a acender não o trivial, como um fogão ou um interruptor, mas sim estrelas, e com lenha molhada ainda por cima! Uma operação complicada no mundo real, mas que a artista sabe ser possível no mundo da poesia. Ela propõe uma liga, uma junção entre a percepção da natureza e as cotidianices, nos oferecendo um olhar mais poético sobre o mundo e sobre as pequenas coisas da vida.

Quer conhecer o acervo permanente ou precisa de fotos das obras em alta qualidade? Escreva para o e-mail educativo@institutoling.org.br.

ficha técnica

  • Autor

    Shirley Paes Leme

  • Título

    Acender Estrelas com Lenha Molhada

  • Ano

    2014

  • Técnica

    Bronze

  • Dimensões

    08 x 125 x 01 cm

  • Local da obra

    Em cima do elevador no andar -1


Abaixo você encontra um vídeo com a audiodescrição da obra:

 

Sobre a obra de Shirley Paes Leme, a Galeria Raquel Arnaud – responsável por representar a artista – declara:

“Em sua pesquisa, desde os anos 80 o metal tem sido, junto com a madeira, o elemento para sua produção tridimensional. Em produção recente a artista incorpora metais como o bronze e o alumínio para esculturas que parecem derreter e questionam nossa noção sobre gesto, matéria e tempo.”

trecho disponível no site da Galeria Raquel Arnaud


Sobre a Artista

Shirley Paes Leme
Bienal de Curitiba

Nascida em Cachoeira Dourada/GO, em 1955. Vive e trabalha em São Paulo. Além de artista, é professora.

Em 1975, ingressa na Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, onde foi aluna de Amílcar de Castro. Sua primeira exibição individual aconteceu em 1981, na Fundação Cultural do Distrito Federal, Brasília.  De 1983 a 1986, recebeu a bolsa de estudos da Fullbright Foundation e tornou-se PhD em Artes pela John F. Kennedy University (Berkeley, EUA). Em 1999, é a artista residente da Kunsthaus Bethanien em Berlim.

Começa sua trajetória como professora em 1979, quando leciona na graduação em Artes Plásticas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU); após seu período no exterior volta a lecionar na mesma universidade de 1989 até 2003. Desde então, é professora do Departamento de Artes Visuais da Faculdade Santa Marcelina (FASM), em São Paulo.

Participou da 8ª Bienal da Polônia, em 1995, e da 15ª Bienal de Lausanne, na Suíça, em 1992. Além disso, em 1996, realizou a mostra Deux Artistes Brasiliense na Galeria Debret, em Paris – nesta exposição suas esculturas de gravetos foram expostas junto com esculturas de Amílcar de Castro, artista que a instigou a trabalhar com a linha (no desenho, na escultura, na instalação etc).

Algumas das suas exposições individuais recentes incluem: Parênteses: ( ), na Galeria Bolsa de Arte, Porto Alegre (2016); Quando Atitudes (trans)formam, na Galeria do Centro Cultural Minas, Belo Horizonte (2015); Microhistórias diárias, na Galeria Bolsa de Arte, São Paulo (2014). Entre as mostras coletivas que contaram com a participação da artista destacam-se: Natureza Franciscana, no MAM-SP (2016); a 10ª Bienal do Mercosul, Porto Alegre (2015); Exemplos a seguir!, na Capilla del Arte, Puebla, México, (2013); e O Artista como Autor / O Artista como Editor, no MAC-USP (2013, 2014).

Suas obras integram o acervo de importantes instituições no Brasil e no exterior, tais como MAM-SP, MAC-USP, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Instituto Cultural Itaú, Inhotim, a coleção de Gilberto Chateaubriand, no Rio de Janeiro, e a de Patrícia Cisneros, em Nova York.

Autor(a): Camila Salvá 

 

PARA SABER MAIS sobre a artista

Site da artista

Instagram da artista

Site da Galeria Raquel Arnaud

Exposição Quando atitudes (trans)formam

Site da Galeria Carbono

 

Referências 

Site da Galeria Raquel Arnaud. Disponível em: https://raquelarnaud.com/artistas/shirley-paes-leme/

Texto de Cauê Alves para a exposição Quando atitudes (trans)formam. Disponível em: https://www.shirleypaesleme.com/blank-2